Diabetes: uma doença invisível

3 minutos de leitura
ISMD
por ISMD

O Dia Mundial do Diabetes, celebrado em 14 de novembro, foi criado em 1991 pela Federação Internacional de Diabetes (IDF) junto à Organização Mundial de Saúde (OMS) para conscientizar o mundo inteiro sobre os problemas associados à doença: alta mortalidade por doenças cardiovasculares (infartos e insuficiência cardíaca), AVC (derrame), complicações específicas da doença, como insuficiência renal, perda da visão, alteração de sensibilidade nos membros inferiores e consequentes úlceras e amputações.

O Diabetes é uma doença silenciosa, mas se for diagnosticada e tratada desde o início, o portador da diabetes pode ter uma vida normal e saudável. Para conscientizar a população sobre a prevenção e tratamento, a Federação Internacional de Diabetes (IDF) junto com a Organização Mundial de Saúde (OMS) criaram em 1991, o Dia Mundial do Diabetes, celebrado em 14 de novembro.

A data foi oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU), a partir de 2007, com a aprovação da Resolução das Nações Unidas. O dia foi escolhido por marcar o aniversário de Frederick Banting que junto com Charles Best descobriu a insulina, no ano de 1921.

Nesse ano, o tema escolhido para a campanha foi “Diabetes, uma doença invisível”, que tem como objetivo incentivar os governos a implementar e fortalecer as políticas para a prevenção e controle da doença, disseminar informações sobre o diabetes e promover ações de conscientização para a população.

E não custa lembrar novamente sobre os sintomas do Diabetes. No caso do tipo 1, geralmente os sinais são repentinos. São eles: sede excessiva, rápida perda de peso, fome exagerada, cansaço inexplicável, muita vontade de urinar, má cicatrização, visão embaçada, falta de interesse e de concentração, vômitos e dores estomacais. Já no tipo 2, quando o diagnóstico é feito geralmente na infância, os sintomas podem ser moderados ou até mesmo ausentes.

Por isso é importante sempre fazer um check up com seu médico e verificar o nível da glicose no sangue. E lembre-se, a prevenção é o melhor caminho.

Este ano não será diferente – a Campanha Novembro Diabetes Azul segue com sua força, visando à conscientização de toda a população a respeito do diabetes, seus fatores de risco e tratamento através dos pilares: EDUCAR. APOIAR. TRANSFORMAR. !

Saiba tudo que acontece no ISMD!

Fazemos envios semanais com dicas e materiais gratuitos
× Em que posso ajudar?