Prova de títulos de especialidades médicas

  • Prova de títulos de especialidades médicas

    Prova de títulos de especialidades médicas

    Com o mercado de trabalho cada vez mais competitivo, a titulação tem sido um dos principais requisitos para quem quer se manter ativo no mercado e, principalmente, ser valorizado. Sendo assim, os diversos campos de atuação da Medicina têm como valorização as especializações dentro das 53 áreas hoje reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina.

    Em vista disso, a prova de títulos de medicina se torna uma ferramenta importante para quem deseja continuar atuando na área como especialista. A avaliação acontece anualmente e via edital. As provas são teóricas e práticas e variam de acordo com o conteúdo de cada especialidade médica. Além disso, cada edital possui seu próprio critério, sendo a grande maioria composta por três vias principais: a avaliação de residência médica, a especialização na área (Pós-graduação lato sensu credenciada pelo MEC, por exemplo) e tempo de atuação na referida especialidade.

     

    O que é preciso para que eu seja reconhecido como especialista?

    Atualmente, o Conselho Federal de Medicina, por meio dos seus Conselhos Regionais só registra como especialistas e concede o Certificado de Registro de Qualificação àqueles profissionais que possuírem ou o Certificado de Conclusão de Residência Médica credenciada pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) ou o Título de Especialista concedido por Associação ou Sociedade Brasileira da respectiva especialidade que esteja aliada à Associação Médica Brasileira (AMB).

    Há também os Certificados de Conclusão de Cursos de Especialização. Esses têm seu reconhecimento na Academia, e são valorizados no mercado de trabalho, principalmente na etapa de análise de currículos nos Concursos para Títulos de Especialista. Porém, esses documentos não são suficientes para que o médico seja registrado como especialista nos Conselhos Regionais de Medicina. Os Títulos de Especialista agregam valor ao profissional, pois aumenta o seu prestígio perante os demais profissionais atuantes na sociedade.

     

    O que é preciso para participar da prova de títulos?

    Sendo assim, para o profissional formado participar da Prova de Título de Especialista da ANAMT, o curso de pós-graduação concluído pelo profissional deve ter pelo menos dois anos, tendo completado no mínimo 1920 horas, tendo realizado treinamentos supervisionados. Além disso, deve ser realizado por Universidades que tenham Faculdade de Medicina com um mínimo de cinco turmas formadas. 

    Além desta etapa, também são analisados o plano pedagógico das disciplinas, como conteúdo pragmático e suas respectivas ementas. A análise documental e a visita da Comissão Vistoriada da ANAMT são fundamentais como etapas de acreditação. Vale ressaltar que ensinos em modalidade EAD não são reconhecidos.

    Por fim, o processo de realização da prova de Títulos deve atender às exigências específicas de cada especialidade, por isso, é necessário estar atento ao edital da especialidade que você quer cursar. Vale enfatizar que é importante que o candidato esteja inscrito no Conselho Regional de Medicina e tenha o seu CRM definitivo.

    Conseguiu acompanhar todas as etapas sobre a prova de títulos? Caso reste alguma dúvida, estaremos atentos para te ajudar! Boa prova!

    Deixe seu comentário

    Campos obrigatórios estão marcados*

X